Fica Quaresma! sign now

Aproveitando a deixa do MST na sua última crónica no pasquim d'A BOLA do dia 25.03.2008, o blog "Bibó Porto, carago" entendeu associar-se a este apelo ao «coração» do nosso mágico Ricardo Quaresma... não obstante um ou outro pecado que vá cometendo, por vezes, chegue mesmo até a irritar um «santo d'altar», a MAGIA e o TALENTO dos GRANDES JOGADORES caberá sempre no nosso clube... o FC Porto!!

Portanto, se «assinas por baixo» este apelo ao «coração» do nosso Mágico Harry Potter, vulgo Ricardo Quaresma, o nosso nr. 7, podes então rabiscar desde já esta petição.

Se não estás, pedimos-te apenas que por uns breves segundos, esqueças esse teu mau feitio momentaneo e mesmo que até de olhos fechados, o rabisques... vais ver que no final, não te vais arrepender nem um pouco e lá no fundo, até te vais sentir uma melhor pessoa.

Fica aqui então transcrito o texto dessa tal última crónica do MST, a "Nortada" do dia 25.03.2008 do pasquim d'A BOLA:


Fica Quaresma!

Quaresma, não escutes o canto das sereias.

Como era de esperar, a imprensa lisboeta já se atirou às canelas e ao destino do Ricardo Quaresma, como pittbull à garganta de uma criança. Querem por força que ele se vá embora esta época. Querem, acima de tudo, vê-lo longe do FC Porto. Eu compreendo-os: é o sonho de qualquer benfiquista ou sportinguista, jornalista ou não. É assim ciclicamente com todos os grandes jogadores do FC Porto, os que desequilibram campeonatos a favor do norte: Anderson, Pepe, Deco, McCarthy, Ricardo Carvalho, etc, etc. Em Novembro e por esta altura do ano, é fatal que se relance uma campanha muito pouco subtil, cujo mote é sempre o mesmo: «O FC Porto não vai poder segurar o jogador». Se o jogador em causa não sai no «mercado de Inverno», como eles tanto desejavam, tratam logo de reforçar a campanha para se certificarem de que sai no Verão. A insistência no mote da campanha leva as três partes envolvidas jogador, direcção do clube (leia-se Pinto da Costa) e sócios a tomarem como inevitável a saída. E, quando o inevitável se transforma, enfim, em certeza, os instigadores suspiram de alívio. Esta é a primeira coisa que eu queria dizer agora ao Quaresma: a sua saída «inevitável», já, já, no próximo Verão, faz parte de uma campanha montada pelos adversários do FC Porto. Isso, por si só, não pode determinar a sua decisão que será sempre legítima mas é bom que tenha consciência disso.

Conheci o Ricardo Quaresma há cerca de três anos, no Porto. Eu estava a cear com o meu grupo de «amigos das scooters», depois de regressarmos de um jogo no Estádio do Dragão, onde, mais uma vez, o Co Adriaanse tinha deixado o Quaresma no «banco», com o aplauso de grande parte da crítica a mesma que agora só quer é vê-lo pelas costas. Ao contrário, eu já tinha escrito aqui algumas vezes que entendia que deixar um génio como ele no «banco» era uma decisão prepotente e idiota. Sempre me afligiram os treinadores que têm medo dos jogadores talentosos e lhes preferem os tacticamente disciplinados. Por coincidência, a discussão na mesa, entre uma dúzia de portistas ali reunidos, era exactamente acerca disso e eu estava em minoria: a maioria concordava com Adriaanse que o Quaresma não defendia, que era vaidoso, indisciplinado, individualista, sem sentido de jogo colectivo e por aí fora. E eu, que sempre insisti em ter uma noção talvez demasiado romântica do futebol, respondia que o génio não tem de prestar tributo nem ao colectivo nem à disciplina, ou não seria génio. E eis que se chega à mesa um outro portista que eu conhecia de outras andanças e me vem dizer ao ouvido que, na sala ao lado, estava o Ricardo Quaresma, que me queria falar. E lá fui, sem dizer nada à mesa. Encontrei-o em pé, virado contra uma parede, como se tivesse vergonha do mundo. Começou por me agradecer o que tinha escrito sobre ele, dizendo que era quase a única pessoa a defendê-lo, mas que o seu desespero e desmotivação por estar afastado do campo era tanto que só pensava em ir-se embora. Obviamente, respondi-lhe que tivesse paciência, que não tinha uma dúvida que a sua hora iria chegar e que, nesse momento, ele deveria estar preparado para dar a resposta em campo, porque ele era o melhor jogador do FC Porto e a verdade vem sempre ao de cima. Mas impressionou-me tanto a sua humildade, o seu ar de criança a quem tinham roubado a bola para jogar, que não resisti a pedir-lhe que viesse comigo até à mesa, para lhe apresentar uns amigos. Ele foi e demorou-se uns minutos, os suficientes para que a sua timidez tivesse impressionado todos, e para que, quando se foi embora, eu pudesse perguntar, triunfante:

Então, continuam a achar que um dos defeitos dele é ser vaidoso?

Dois meses depois, e em estado de necessidade, Co Adriaanse decidiu-se a meter o Quaresma em jogo por três vezes consecutivas, embora nunca a mais de vinte minutos do fim: e, das três vezes, o Quaresma resolveu-lhe três jogos que estavam emperrados. Daí até aqui, foi o que se sabe, embora, pelo caminho, ainda tenha tido de enfrentar a pesporrência do selecionador Scolari, que o deixou de fora do Mundial da Alemanha, no ano em que foi considerado pela crítica o melhor jogador do campeonato português, e a perseguição da Comissão Disciplinar da Liga, que insistia em ver nele um troglodita (como agora querem fazer do Bruno Alves). Daí até aqui, o Quaresma melhorou ainda muito mais o seu futebol e aprimorou o seu talento natural porque, ao contrário do que os medíocres imaginam, o talento dá muito trabalho. As trivelas, os cruzamentos «de letra», a cobrança de livres, as fintas sobre dois adversários simultaneamente, tudo isso foi aprimorado por ele, inevitavelmente em horas extras de treino. E não é por acaso que é dos últimos a rebentar em campo, apesar de ser o mais massacrado jogador do campeonato português e da Liga dos Campeões. Juntou ao génio a seriedade profissional e só os ingratos ou ignorantes é que são capazes de achar que um génio tem de estar sempre inspirado e, por isso, são capazes de assobiar o Quaresma se as coisas não lhe saem brilhantes, mas acham natural que um jogador banal falhe habitualmente coisas banais. E por isso é que ele vale 40 milhões menos um euro, como disse Pinto da Costa e como eu escrevi aqui há tempos: dez milhões pelo seu futebol, outros dez pelo seu profissionalismo, mais dez pelo espectáculo à parte que proporciona e mais dez pelas receitas que o FC Porto perderá depois de o perder.

Compreendo que lhe assalte a tentação de experimentar o topo do Everest, onde o futebol são sempre estádios cheios, espectáculo garantido e ordenados de sonho. Mas comecemos por aqui: não sei quanto é que Ricardo Quaresma ganha no FC Porto, mas, se ganha menos de 125.000 euros por mês, dou-lhe já razão: comece por exigir isso, porque o merece. Se ganha isso ou próximo, então, pense bem: a vida em Espanha é duas vezes mais cara, em Itália três vezes, e em Inglaterra quatro e, por aí, os impostos são a sério. E, depois, pense no seguinte: já não tem 18 anos, como tinha o Cristiano Ronaldo quando foi para o Manchester United, e só lá é que existe um Sir Alex Ferguson, que tem a ciência, a paciência e os meios para transformar meninos em grandes jogadores. Se sair agora para um dos tubarões europeus, o Quaresma vai enfrentar um grau de exigência imediata a que não está habituado e ele deve saber o que isso é, porque já viveu a experiência no Barcelona e com resultados frustrantes que o levaram ao FC Porto. Por aqui, costuma dizer-se, e com razão, que o Sporting é o grande descobridor de talentos (e um eles, não se cansam de lembrar os sportinguistas, é o próprio Ricardo Quaresma). É verdade, sim senhor. Mas, se o Sporting descobre talentos em idade juvenil, quem os transforma em grandes jogadores é o FC Porto. Se o Sporting descobriu o Quaresma, quem o «fez» foi o FC Porto. Como fez o Deco, o Maniche, o Ricardo Carvalho, o Pepe e tantos outros. No FC Porto (eu sei porquê, mas não o digo), até um jogador banal se transforma num bom jogador. O Ricardo Quaresma deve meditar se vale mais ser conde no exílio ou Príncipe na Pátria. Até, porque último argumento a Pátria tem coisas que lá fora não vai encontrar. Tais como cervejarias onde, depois dos jogos, os admiradores de bancada não lhe vão cobrar o golo falhado contra o Schalke, mas sim agradecer todos os instantes de puro prazer que lhes deu. Fica-lhe tão bem o azul-e-branco, Ricardo! Pense nisso, antes de escutar o canto das sereias.

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in, otherwise register an account for free then sign the petition filling the fields below.
Email and the password will be your account data, you will be able to sign other petitions after logging in.

Privacy in the search engines? You can use a nickname:

Attention, the email address you supply must be valid in order to validate the signature, otherwise it will be deleted.

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Shoutbox

Who signed this petition saw these petitions too:

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in

Comment

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Goal reached !
100 / 100

Latest Signatures

  • 29 December 2015100. Francisco Joseassisl
    I support this petition
  • 09 December 201599. Mario C
    I support this petition
  • 27 November 201598. Duarte F
    força quaresma e fica no porto, pois fazes a melhor opção..aqui és um crake.palavra de benfiquista!! saudações e parabéns porto pelo campeonato, são os melhores actualmente
  • 20 October 201597. Eduardo C
    I support this petition
  • 02 September 201596. Nadia Barber
    I support this petition
  • 29 August 201595. Pedro A
    Fica Grande Mustang!
  • 22 August 201594. Rn Cannon
    I support this petition
  • 04 July 201593. Heliantia Cantu
    Intransmissível
  • 12 May 201592. Francisco Bertosilvac
    I support this petition
  • 12 May 201591. Miguel Figueroa
    o porto ama o quaresma...o quaresma ama o porto...FIKA!!!!
  • 22 April 201590. Pedro M
    Fica meu filho, não estragues a tua vida lá fora. As Gentes do Porto Amam-te!!!
  • 11 February 201589. Vitor Manuelsilvaa
    Quaresma és o maior. Fica no mágico FCP.
  • 15 January 201588. Joo Marcelinoferreiraa
    és o melhor a camisola azul e branca é que te fica bem
  • 05 January 201587. Slvia L
    Fica Quaresma!
  • 28 November 201486. Luis N
    I support this petition
  • 12 November 201485. Carlos P
    Mais um que te diz, fica... Espero que fiques e te tornes um simbolo para a história do Futebol Clube do Porto.
  • 25 October 201484. Bruno Le
    I support this petition
  • 27 September 201483. Nuno Miguelferreiradea
    HARRY POTTER
  • 05 September 201482. Miguel Morse
    Fica Mago! Cada dia que ficas uma estaca se crava mais fundo nos nossos adversários!
  • 21 August 201481. Parasyta Lloyd
    I support this petition
  • 09 August 201480. Luis M
    I support this petition
  • 24 June 201479. Antnio Manuelbps
    Obrigado FCP
  • 22 June 201478. Sara R
    I support this petition
  • 09 June 201477. Miguel O
    Oleeeeeee Quaresma Oleeeeeeeee
  • 03 June 201476. Paula M
    I support this petition
  • 19 May 201475. Armando C
    tu és o nosso harry potter
  • 25 April 201474. Joaquim Patel
    I support this petition

browse all the signatures

Information

Dona BauerBy:
Transport and infrastructureIn:
Petition target:
A todos os adeptos, sócios e simpatizantes do FC Porto!!

Tags

No tags

Share

Invite friends from your address book

Embed Codes

direct link

link for html

link for forum without title

link for forum with title

Widgets